Postagens populares

domingo, 29 de abril de 2012

Stones e Dylan!

The Rolling Stones e Bob Dylan - Like a rolling stone (Bob Dylan)

Eu quero é ir-me embora, eu quero dar o fora e quero que você venha comigo...

Caetano Veloso e Chico Buarque - Você não entende nada (Caetano Veloso) e Cotidiano (Chico Buarque)

Música e dança, harmonia perfeita!

Tchaikovsky - Swan Lake, Lago dos Cisnes - Dança do Cisne Negro.

Enquanto corria a barca...

Novos Baianos - Preta Pretinha (Moraes e Galvão)

"Dance bem, dance mal, dance sem parar, dance bem, dance até sem saber dançar"

29 de Abril - Dia Mundial da Dança, instituído pelo Comitê Internacional da Dança, da Unesco, em 1982.


Rita Lee & Tutti Frutti - Dançar pra não dançar(Rita Lee)

Amor e saudade...

Milton Nascimento e Maria Rita
Tristesse (Telo Borges/Milton Nascimento)

segunda-feira, 23 de abril de 2012

O animal é tão bacana, mas também não é nenhum banana

Bicharia - (Chico Buarque /Enriquez / Bardotti )
Do musical infantil Os Saltimbancos

Figura do dia!

Pixinguinha, no Dia do Choro!

23 de Abril...Dia do Choro!


O Choro surgiu no Rio de Janeiro em 1870, como o resultado da fusão de ritmos europeus  - danças de salão européias (como o schottisch, a valsa, o minueto e, especialmente, a polca ) - com ritmos afro-brasileiros.
Eram utilizados, entre outros instrumentos, violão, flauta e cavaquinho. No início do século XX começou a ser cantado, deixando de ser apenas instrumental. Aproxima-se do maxixe e do samba e adquiriu um rítmo mais rápido, agitado e alegre. Nesta mesma época surge o chorinho ou samba-choro, também conhecido como terno, por causa da delicadeza e sutileza de sua melodia.
O Dia Nacional do Choro foi estabelecido em 23 de abril, data do aniversário de um de seus maiores nomes, Pixinguinha.
Além deste, o chorinho tem nomes de peso na sua história, tais como Jacob do Bandolim, Waldir Azevedo, João de Barros e Benedito Lacerda, dentre outros.
Um belo exemplo do choro cantado, estilo que segue atraindo legião de fãs da boa música,  temos em “Lamento”, feliz parceria de Pixinguinha e Vinícius de Moraes, interpretado aqui pela maravilhosa Ademilde Fonseca, que nos deixou recentemente, em Março deste ano de 2012. Hoje deve estar tendo chorinho no céu... uma reedição desta gravação, quem sabe?

sábado, 21 de abril de 2012

Cássia Eller

Cássia Eller - Malandragem (Frejat/Cazuza)

Nós gatos já nascemos pobres, porém, já nascemos livres!

Miúcha: A História de uma Gata (Chico Buarque , Sergio Bardotti , Luis Bacalov)
Do musical "Os Saltimbancos"

Elis Regina

Elis Regina - Atrás da Porta (Chico Buarque/Francis Hime)

Cazuza

Cazuza - Todo amor que houver nessa vida (Frejat/Cazuza)

Era uma casa muito engraçada!

Vinícius de Moraes - A Casa
Interpretação: Boca Livre, para o musical "A Arca de Noé"

Quem é você? Adivinha, se gosta de mim...

Chico Buarque - Noite dos Mascarados

sexta-feira, 20 de abril de 2012

E às vezes me pareço com Hiroshima...

ROTINAS
Miriam Mauro/Lila Affonso

20 de Abril...Dia do bom e velho vinil!

 No Brasil, o Dia Nacional do Disco de Vinil é celebrado por 

 alguns no dia 20 de Abril, em homenagem ao compositor e 

 cantor Ataulfo Alves, morto neste dia em 1969.

Música lúdica...

Aquarela - (Toquinho/Vinícius de Moraes/M Fabrizio/G Morra)

E o segredo desse teu olhar é todo meu, você me deu, eu vou guardar...

BELEZA
Miriam Mauro/Lila Affonso

Mês de Abril - Lenine

Dia 28/04 - Belém - PA
Tatro da Paz - Rua da Paz, s/nº

Dia 29/04 - Marabá - PA
Teatro Metropolitana -  20:30h
Ingressos: No teatro,  troca por 1 kg de alimento
não perecível,por ordem de chegada.

Dia 30/04- Rio de Janeiro - RJ
Show do Palco MPB


quinta-feira, 19 de abril de 2012

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Dá para não associar a música ao filme?


Ainda falta finalizar, mas tá ficando bacana! Vai aí uma prévia...

Meu Dia Chegou
Parceria Miriam Mauro / Lila Affonso

Cidadãos da Terra... Os Mutantes!


Maria... simplesmente tudo isso! Milton Nascimento e Fernando Brant


Sueli Costa e Abel Silva... grandes!


Discos de vinil... bonitos!


"Aumenta que isso aí é rock'n roll"

INSONIA
Música nossa na voz do companheiro Marco Branco

terça-feira, 10 de abril de 2012

Os sambas de enredo... com vocês, "Leilão de escravos"!

Nem sempre as escolas de samba foram o "espetáculo" que são hoje, feito especialmente para atrair turistas, gerar receita, e muito menos contavam com o patrocínio até de governos estaduais, como se vê atualmente, para promover seus Estados (e políticos, evidentemente).
O samba, genuinamente, era a alma do desfile, que de luxuoso não tinha grande coisa, e os passistas, o maior orgulho das escolas.
Não havia o empurra-empurra contra o relógio e o que acontecia na avenida era, efetivamente, uma festa popular.
Foi este modelo de carnaval que elegemos para abrir esta categoria do blog, e que está muito bem retratado no samba de enredo da Unidos da Tijuca, escolhido para representar a escola no ano de 1961, chamado "Leilão de Escravos". Com muito orgulho, apresentamos esta bela co-autoria de nosso pai, Mauro Affonso!

E viva a insanidade!


ROTINAS - Miriam Mauro / Lila Affonso

Parceria perfeita... Chico Buarque e Edu Lobo!

Essa intérprete maravilhosa, Mônica Salmaso, conseguiu tornar ainda mais bela uma das mais belas canções da nossa MPB!

Música histórica na voz que fez história!

"O Bêbado e a equilibrista", de João Bosco e Aldir Blanc, na voz inigualável de Elis Regina.

Pakhawaj

Instrumento indiano antigo, também chamado de Mridang.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Breve história da Época de Ouro" do rádio no Brasil


O rádio foi oficialmente inaugurado a 7 de Setembro de 1922, com um transmissor de 500 Watts, no alto do Corcovado, Rio de Janeiro, para 80 recepts.
Popularizou-se e conheceu a chamada "Época de Ouro" nos anos 40. A programação tornou-se mais popular, com radionovelas e os chamados "programas de auditório", concursos de cantores ao vivo, etc.
Vário artistas começaram sua carreira e fizeram extremo sucesso nas rádios, tais como: Francisco Alves, Orlando Silva, Nelson Gonçalves e Cauby Peixoto, as irmãs Carmen e Aurora Duarte, Nora Nei, Ellen de Lima, entre tantos outros.
Com a entrada da TV, as coisas mudam, e os artistas migram e passam a se apresentar  ainda em programas ao vivo, pois não havia ainda o video-tape, mas agora com imagens.



                                                        Auditório da Rádio Nacional:


Alguém não conhece esta língua?


Sem a música, não seria o espetáculo que é!


terça-feira, 3 de abril de 2012

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Tem que trocar muita idéia! Mas a gente gosta!!!

Dá trabalho... mas a gente gosta!

É o que nos perguntamos todos os dias: de onde vem a canção?

Não quero mais esse negócio de você viver sem mim!

Todo o disco é memorável...

Dança dos Pataxós

Cidade da Música: mais de R$ 500 milhões em obras que não têm data para acabar

Este verdadeiro "elefante branco", projeto de autoria do arquiteto francês Christian de Portzamparc, de gosto bastante duvidoso, hoje chamado de "Cidade das Artes", deveria se chamar "Cidade Fantasma", pois apesar de ter consumido já uma fortuna dos nossos bolsos, nunca teve serventia alguma em prol da música ou das artes em geral. E nem totalmente acabada foi, mesmo tendo iniciado suas obras em 2002, e contado com uma "falsa inauguração" em 2008, pelo então prefeito César Maia, que organizou um concerto no local, apesar deste haver tido autorização negada pelo Corpo de Bombeiros, por falta de segurança.
Transcorridos 10 anos, quem passa pela Avenida das Américas, na zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, tem a infeliz visão de um prédio de concreto inacabado, com vidros quebrados e sequer um operário que dê  alguma indicação de que a obra, um dia, será concluída.
O ex-prefeito? Vai bem, obrigada... e articulando como nunca sua volta ao cenário político carioca.

Eu já esqueci você, tento crer...