Postagens populares

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

        EFÊMERO

Sinto a urgência da vida,
porque ela não marca hora
nem de vinda nem de ida:
de repente vai-se embora

Quero pular de ultraleve,
mergulhar no mar bem fundo,
seja lá o que for fazer,
que seja breve e profundo.

O tempo já escorreu entre
os dedos da minha mão.
Eu vou viver minha vida
sem se, porém ou senão.

Miriam Mauro

domingo, 19 de fevereiro de 2017


Milton Nascimento/Fernando Brant

UDU - Instrumento de percussão



udu é um instrumento de percussão de origem africana criado pelos povos Igbo e Hausa da Nigéria. Na sua língua natural, udu significa "paz" ou "vasilha".
Para todos os efeitos, trata-se de uma peça de cerâmica tradicionalmente utilizada para o transporte de água com a adição de um buraco na barriga, fabricado com argila ou esculpido em pedra. Era tocado por mulheres nas cerimónias especiais.
O instrumento é tocado com as mãos e produz um som grave com um registo de certa forma peculiar [1] ao ser golpeado rapidamente no bucal superior, embora também se possa tocar em todo o corpo do instrumento com os dedos.
Actualmente é muito utilizado por percussionistas de diferentes estilos musicais.
*É simultaneamente um aerofone e um idiofone.

Fonte: Wikipédia
ISSO E AQUILO
Feliz daquele que sabe
neste mundo a que veio:
ou veste terno e gravata,
ou usa traje de passeio.
Eu alterno com frequência,
ora blazer, ora biquíni:
formalidade e indecência,
sou maxi e sou também mini.
Parei em meio à busca
do tão almejado sentido.
hoje, o que me é dito,
entra e sai pelo mesmo ouvido.
Miriam Mauro

https://www.facebook.com/miriammauropoesia/


sábado, 4 de fevereiro de 2017


       DESEJO
que chorar seja um verbo,
mais que um ato,
muitas vezes restaurador.
restaura-a-dor.

que a rotina seja o riso
ou o sorriso tranquilo,
que é tão compensador.
compensa-a-dor.

Miriam Mauro

e as dores passadas,
de amores, de sofreres,
de pesares, de perderes,
continuarão, sombra ou cicatriz,
motivos de te fazerem infeliz.
a escolha é possível.
e é parte do presente.
o que teu coração te diz?


https://youtu.be/SFc8ABareU8







sábado, 21 de janeiro de 2017

ESCOLHAS


e se um dia, por impulso ou covardia,
medo ou preguiça de ser quem eu sou,
seguir por atalhos os caminhos da vida,
não julgue: você não estava onde estou.

creio mesmo que coragem define o ato
de lançar-se em trajeto somente de ida.
daí nada virá ou deixará de vir,
ficará sempre, apenas, a vida vivida.